sexta-feira, 2 de abril de 2010

Instabilidade

Para compensar os últimos, esse texto será pequeno.

Para quem não sabe, a minha cadela, Paçoca, teve 5 filhotes há duas semanas atrás. O silêncio constante em que ficava a área de serviço onde atualmente eles dormem me levou a uma questão totalmente idiota: Porque os filhotes de cachorro, logo irracionais, não choram quase nada quando os comparamos aos bebés humanos?
De fato, ao me questionar, eu esqueci que o Homem é aquilo que se conhece de mais inconstante na face da terra. O bebé chora porque não aprendeu ainda a reclamar.
Só para começar, cada ser é diferente; não segue um instinto, o que diversifica muito mais a situação. Um ser que nunca está satisfeito com nada. Se é gordo quer ser magro, se é pobre, quer ser rico, se ama não quer amar e, finalmente, se é feliz, quer sofrer. O ser humano está sempre buscando aquilo que não tem, seja algo necessário/desnecessário; agradável/desagradável; Nocivo/Prejudicial.
A Perfeição para o Homem é aquilo menos instável que ele conseguir encontrar. A questão é que, teimoso como tal, continuará essa busca constante pelo inalcançável.

Esse é o Homem.  Como já diria um antigo professor de inglês:
Am you or Day She you. ;)

Boa Noite.

2 comentários:

  1. Demorei horrores para entender a frase do teu professor : P

    ResponderExcluir
  2. ASHUAIDJASHUAUIDJASHUAIDSJASHUA
    Julio muito gênio, cara >.<

    ResponderExcluir